Livros

A Depressão de Spurgeon

A Depressão de Spurgeon (Spurgeon’s Sorrows): Esperança Realista em meio à Angústia

 

Eu sei, pessoalmente, que não há nada no mundo que o corpo físico possa sofrer que se compare à desolação e à prostração da mente. – Charles Spurgeon

A depressão afeta muitas pessoas, tanto pessoalmente quanto através da vida daqueles que amamos. Neste livro, vemos como o Príncipe dos Pregadores do século XIX, C.H. Spurgeon, lutou com a depressão. O fato de um pastor cristão tão proeminente ter vivenciado a depressão, e dela ter falado tão abertamente, convida-nos à empatia com um companheiro sofredor. Porque esse pastor e pregador saiu à luta com fé e dúvida, sofrimento e esperança, nós ganhamos um companheiro na jornada. O que ele encontrou de Jesus na escuridão pode nos servir de luz para as nossas próprias trevas.

Brasiliana Steampunk

Contos 2: Solfieri e o Espectro do Casarão Sombrio

Em setembro de 1877, o investigador do sobrenatural e satanista imortal Solfieri de Azevedo é contratado por uma viúva para exorcizar um medonho fantasma que está atacando sua casa e assustando suas filhas. Mas ao chegar no casarão amaldiçoado, Solfieri percebe que velhos e sórdidos segredos familiares virão à tona no transcurso daquela noite ritualística! Poderá o malfadado herói vencer um espírito que tem o poder de atacar seres humanos, lançar objetos e revelar segredos malditos? Reinvenção do heróis de Álvares de Azevedo, este conto revela um pouco do passado de um principais personagens da série Brasiliana Steampunk, série ganhadora do prêmio Fantasy! (Casa da Palavra/LeYa, 2014) com o livro A lição de anatomia do temível dr. Louison.

Brasiliana Steampunk Contos é uma coleção de seis contos interdependentes que trazem por protagonistas os heróis do universo criado por Enéias Tavares. Indicado para leitores corajosos e damas desbravadoras, este conto de taverna colocará você diante de Solfieri, entre uma taça de vinho ou copo de cerveja, enquanto ele lhe conta um causo de horror, pavor e sordidez! Esta edição conta com apresentação do escritor Eric Novello – autor do romance “Exorcismos, Amores e uma Dose de Blues” -, posfácio do autor, edição de Fabio Brust e Inari Jardani Fraton, capa de Poliane Gicele e ilustrações de Karl Felippe.

Enéias Tavares tem 34 anos e é escritor, professor e leitor compulsivo. Nascido à meia-noite, até hoje não sabe se vive durante o dia ou à noite, mas sempre entre livros, manuscritos, cadernos e bloquinhos de nota. É doutor em Letras e especialista nos livros iluminados de William Blake. Pesquisador e tradutor, leciona literatura clássica e escrita de ficção na UFSM. Integra o Grupo Epic há um ano, desenvolvendo produtos para a série Brasiliana Steampunk.

Indicado para fãs de aventura, ficção científica e mistério, Brasiliana Steampunk reinventa os heróis da literatura nacional num cenário retrofuturista.

Brasiliana Steampunk

Conto I – Bento Alves & O Ataque ao Templo Positivista

Em maio de 1896, o aventureiro profissional e caçador de recompensas Bento Alves é contatado pela sociedade secreta Parthenon Místico. Seus integrantes revelam a ele que a demoníaca Ordem Positivista gaúcha raptou a médium indígena Vitória Acauã para experimentos desumanos e odientos testes pseudo-científicos. Conseguirá o herói invadir o laboratório subterrâneo e resgatar a jovem vítima dos algozes da Ordem e do Progresso? Releitura dos heróis de Raul Pompeia e Inglês de Souza, este conto deu origem ao universo de Brasiliana Steampunk, série ganhadora do prêmio Fantasy! (Casa da Palavra/LeYa, 2014) com o livro A lição de anatomia do temível dr. Louison.

Brasiliana Steampunk Contos é uma coleção de seis contos interdependentes que trazem por protagonistas os heróis do universo criado por Enéias Tavares. Indicado para aventureiros do oculto e damas ousadas, este conto apresenta aventura, suspense & robóticos ameaçadores, entremeados à carta que Bento Alves escreve ao seu antigo amigo do colégio Ateneu, Sergio. Esta edição conta com apresentação do escritor Felipe Castilho – série Legado Folclórico -, posfácio do autor, edição de Fabio Brust e Inari Jardani Fraton, capa de Poliane Gicele e ilustrações exclusivas de Karl Felippe.

Enéias Tavares tem 34 anos e é escritor, professor e escorpiano. Nascido à meia-noite, até hoje não sabe se vive durante o dia ou à noite, mas sempre entre livros. É doutor em Letras e especialista nos livros iluminados de William Blake. Pesquisador e tradutor, leciona literatura clássica na UFSM. Integra o Grupo Epic há um ano, desenvolvendo produtos para a série Brasiliana Steampunk.

Indicado para fãs de aventura, ficção científica e mistério, Brasiliana Steampunk reinventa os heróis da literatura nacional num cenário retrofuturista.

Tocando a Distância. Ian Curtis e Joy Division

Resultado de imagem para livro tocando a distanciaTocando a Distância – Ian Curtis e Joy Division. Deborah Curtis (Edições Ideal – 2014) A curta, genial e trágica trajetória de Ian Curtis, vocalista do Joy Division, faz parte daquelas grandes histórias do rock’n’roll. Viveu rápido, morreu jovem e virou mito. Tocando a distância é o relato íntimo, aprofundado e fiel das duas personas do cantor, o mito e o homem, escrito pela única pessoa qualificada para essa missão: a sua viúva Deborah Curtis. Reverenciado por seus colegas (“a voz sagrada de Ian Curtis”, disse certa vez Bono Vox, do U2) e idolatrado por seus fãs, Ian Curtis deixou um legado artístico formidável. Hipnotizante em cima do palco, mas introvertido e propenso a variações de humor na vida particular, Ian cometeu suicídio em 18 de maio de 1980. Essa biografia mostra como Ian Curtis foi seduzido pela glória de uma morte prematura, mesmo com esposa, filha e o iminente sucesso internacional. Considerado o livro essencial sobre esse ícone da era pós-punk, o volume traz prefácios escritos por grandes nomes do jornalismo musical: o inglês Jon Savage e o brasileiro Kid Vinil. O premiado filme Control, de Anton Corbijn, foi baseado nesse livro. A obra ainda inclui todas as letras (algumas inéditas), escritos inacabados, fotos do arquivo pessoal de Deborah Curtis, discografia e a lista de shows do Joy Division.

 

“Uma biografia corajosa e comovente.” – NME

 

“A versão de Deborah Curtis é corajosa, muito detalhada e implacavelmente assustadora.” – Vox

A Rainha dos Condenados

Em A rainha dos condenados a escritora americana Anne Rice retoma os personagens que a tornaram famosa e faz o livro de maior suspense e densidade de suas Crônicas Vampirescas. Aqui há vampiros para todos os gostos. Jovens e delinqüentes como Baby Jenk da Gangue das Garra românticos como Armand e Daniel estudiosos como Jesse que investiga para a organização conhecida como Talamasca a história desses seres estranhos imortais misturados entre mortais para quem sangue sexo e morte são elementos indissolúveis do dia-a-dia. Reunidos em torno de Lestat eles respondem ao chamado de sua música quase hipnótica e correm ao longo da narrativa de Anne Rice um perigo difícil de evitar. É que o som de Lestat desperta Akasha a mãe dos vampiros a encarnação da força maléfica feminina disposta a escolher os justos entre os vampiros através de um banho de sangue. Mestra da alquimia entre crueldade e poesia Anne Rice prova em A rainha dos condenados saber fazer em literatura o que Lestat faz em música. Impossível não segui-la hipnoticamente até a última página.

Príncipe Lestat

A autora do clássico Entrevista com o vampiro volta ao universo que a consagrou. Príncipe Lestat traz de volta o mundo belo e assustador das Crônicas Vampirescas e personagens que se tornaram eternos na imaginação e no coração dos leitores, entre eles Louis de Pointe du Lac e o eternamente jovem Armand, além de novas e sedutoras criaturas sobrenaturais. Pairando sobre todos, o desaparecido herói-andarilho, o perigoso e rebelde fora da lei – a esperança dos Mortos-Vivos – Príncipe Lestat. Neste romance inédito, ansiosamente aguardado por milhares de fãs da autora, o mundo dos vampiros está em crise; por todo o globo, eles têm sido queimados, e grandes massacres ocorrem, ordenados por uma voz misteriosa. Cabe a Lestat e seu séquito de bebedores de sangue desvendar os segredos sobre o que essa voz quer, e por quê, nesta trama ambiciosa, devastadora e luxuriante.

Morto Até O Anoitecer

Esqueça tudo o que você ouviu sobre vampiros. Os mortos-vivos ganharam o direito de andar livremente. Mas a liberdade de ficar fora do caixão teve seu preço: o fim da existência sedutora e das caçadas sob o luar. Em tempos de sangue sintético é preciso esforço para se adaptar. O vampiro Bill Compton está disposto a tudo para se estabelecer em sua cidade natal – até mesmo desafiar a hierarquia dos clãs vampirescos. Mas ele não contava com uma série de assassinatos inexplicáveis, com a desconfiança dos moradores locais e com seu envolvimento com uma bela – e teimosa – garçonete telepata. Este é o livro que deu origem à serie True Blood.
Charlaine Harris nasceu Mississippi e há mais de três décadas dedica-se exclusivamente à literatura. Autora de diversas séries de sucesso sobre vampiros, lobisomens, telepatas e mutantes, atualmente vive no Arkansas, com o marido, três filhos, três cachorros e um pato.

O Vampiro Antes De Drácula

Prepare-se para uma viagem pelo sombrio pelo fantástico pelo sedutor mundo das mais temíveis criaturas da noite. Pois muito antes de Drácula os vampiros já assombravam os homens. Para contar essa trajetória Martha Argel e Humberto Moura Neto investigaram as origens do vampiro clássico do contemporâneo e as diversas facetas por ele assumidas ao longo do tempo. Por meio de extensa pesquisa pessoal e de textos criteriosamente escolhidos e traduzidos os organizadores apresentam uma cuidadosa seleção de contos do século XIX: partindo de O Vampiro de John Polidori (1819) passam por autores consagrados como Alexandre Dumas Edgar Allan Poe e H. G. Wells até finalizar com o consagrado Drácula (1897) de Bram Stoker. O Vampiro Antes de Drácula constrói assim um painel crítico e retrospectivo desse mito através da literatura uma entidade capaz de sobreviver à passagem do tempo e chegar mais invencível do que nunca aos dias de hoje.

Sem Vida

— Agatha, saia da casa dele. Não tire nada do lugar, não mexa em nada, não olhe para nada, só saia.
— E a família dele? Quem mais mora aqui?
— Ninguém mora aí além dele. Você ouviu o que eu disse? Saia, AGORA! […]

 

Todos olham para Oberon e enxergam apenas um homem sem vida, enjaulado dentro da escuridão de seu próprio mundo, esperando que a morte lhe visite e acabe com toda a sua dor.
Mas eu não posso deixá-lo viver assim. Quero trazer luz aos seus dias mais sombrios e fazer com que esse homem viva novamente.

 

Oberon teve sua vida desfeita em questão de minutos. A partir daí, a angústia e o sofrimento pela perda da pessoa que mais amava o transformaram num homem partido em mil pedaços, preso no passado. Mas quando Agatha surge como um anjo, pouco a pouco ela será capaz de iluminar e lhe devolver a vida.

Uma linda história de amor e renascimento daquele que passa por uma das piores dores que um ser humano pode sentir.

Cicatrizes de aço

Cicatrizes de aço: Um conto da série A Rainha Vermelha

Conto inédito que se passa no universo da série A Rainha Vermelha e mostra os bastidores da rebelião. Neste conto você terá uma visão de dentro da Guarda Escarlate a partir da perspectiva de Diana Farley, uma das líderes da rebelião vermelha. Farley teve uma criação rígida e, desde pequena, aprendeu a ser forte e durona. Mas a missão de semear a rebelião em Norta talvez fosse mais difícil do que ela esperava: pela primeira vez, a capitã comandaria uma operação sozinha. Ela teria de atravessar a fronteira de Lakeland, sua terra natal, e viajar por todo o território de Norta, recrutando comerciantes do mercado negro, contrabandistas e rebeldes para uma primeira tentativa de ataque à capital. Tudo isso sem chamar a atenção dos oficiais prateados, claro. Enquanto Farley troca mensagens secretas com seus superiores e põe a tarefa em ação, ela acaba cruzando com Shade Barrow — um vermelho que consegue descobrir informações cruciais para a causa e que a leva até sua irmã, Mare, uma garota que talvez seja a chave para virar o jogo e instaurar uma nova aurora. O conto também está disponível em edição impressa como parte da antologia Coroa cruel.

Trilogia dos Espinhos

Os três romances saem em um único volume em capa dura, capaz de resistir a um apocalipse nuclear. São quase mil páginas cobertas de sangue nessa edição de luxo que mais parece um autêntico grimório da Idade das Trevas.

Trilogia dos Espinhos — Dark Age Edition é uma das muitas surpresas que a DarkSide Books reservou para 2017, quando completa 5 anos. Uma homenagem aos leitores que estiveram esse tempo todo ao nosso lado, e foram os primeiros a descobrir o talento de autores inéditos por aqui, como Mark Lawrence, Peter V. Brett (Ciclo das Trevas) e Mary E. Pearson (Crônicas de Amor e Ódio).

A Trilogia narra as batalhas por vingança e poder de Jorg Ancrath. Cruel demais para ser chamado de herói, Jorg entra facilmente na lista dos grandes canalhas que aprendemos a amar na literatura fantástica, como Alex DeLarge (Laranja Mecânica) ou Tyrion Lannister (Game of Thrones).

Perfeito para quem já é íntimo de Jorg Ancrath, essa é a chance de ler tudo de uma vez só. Do jovem príncipe ao poderoso imperador. E para aqueles que ainda não conheciam a saga, a Trilogia dos Espinhos — Dark Age Edition é uma ótima porta de entrada para o universo em plena expansão de Mark Lawrence. A Guerra da Rainha Vermelha, sua segunda série, que se situa no mesmo universo da primeira, já teve seu primeiro volume publicado e a DarkSide prepara o segundo volume também para agosto de 2017.