Maria e a Outra

Maria e a Outra

Maria e a Outra
Maria e a Outra    Fui com Maria até o posto, contra minha vontade, mas sacrifiquei-me em obra do que me parecia certo. Ia ao seu lado, como que para servi-la de bengala, e ela servindo a mim como apoio. Éramos as duas pontas da corda. Afinal, o que é o mal de alguém quando. . . Ver mais

Encantos de um Vampiro

Encantos de um Vampiro

Encantos de um Vampiro
  Sebastian Drake; Mary;   (…) Aqueles olhos azuis hipnotizastes, que repentinamente me fazem sentir como se eu pudesse mergulhar neles, deixando que seu calor me envolva como ondas suaves e macias… Ele não é nenhum Adam Blum. No entanto, ele esta olhando para mim como se já soubesse disso e como se estivesse pedindo. . . Ver mais

O Tempo

O Tempo

O Tempo
A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. Quando se vê, já são seis horas! Quando de vê, já é sexta-feira! Quando se vê, já é natal… Quando se vê, já terminou o ano… Quando se vê perdemos o amor da nossa vida. Quando se vê passaram 50 anos! Agora é. . . Ver mais

A um Ausente

A um Ausente

A um Ausente
Tenho razão de sentir saudade, tenho razão de te acusar. Houve um pacto implícito que rompeste e sem te despedires foste embora. Detonaste o pacto. Detonaste a vida geral, a comum aquiescência de viver e explorar os rumos de obscuridade sem prazo sem consulta sem provocação até o limite das folhas caídas na hora de. . . Ver mais