Érebo

Érebo

Érebo deus da mitologia Grega
Érebo deus da mitologia Grega, é um deus primordial, o primeiro a nascer de Caos junto com Nix, sua irmã gêmea, através de partenogênese, representando a personificação das Trevas.   Érebo com seus mantos negros e sem vida predomina sobre as regiões do espaço conhecidas como vácuo, acima dos mantos noturnos de Nix, sem saber. . . Ver mais

Tártaro

Tártaro

Tártaro, deus primordial Originado a partir de Caos, Tártaro é a representação do mais profundo mundo subterrâneo sob a Terra. Tártaro é um “mundo” todo cercado e coberto por muralhas de bronze. Um gigantesco poço desgraçadamente úmido, frio, escuro e imerso na mais tenebrosa profundeza da Terra. Tártaro não é a mesma coisa que Seol,. . . Ver mais

Gaia

Gaia

Gaia a representação ou personificação da Terra Segundo a Teogonia de Hesíodo, Gaia surgiu de Caos, por partenogênese, antes de Eros. E Gaia gerou sozinha Urano, Óreas e Pontos. Urano – divindade do Céu Pontos – divindade do Mar Óreas – divindade das Montanhas A própria Terra que sozinha gera todos os seres, alimenta-os e depois recebe. . . Ver mais

Mitologia Grega

Mitologia Grega

Mitologia Grega
A Mitologia Grega é um conjunto de mitos histórias e lendas, sobre vários deuses, heróis, titãs, ninfas, centauros, gigantes, entre outros seres “sobrenaturais”. Seu desenvolvimento ocorreu por volta de 700 anos antes de era cristã. Pode-se dizer que na Grécia Antiga a religião era mais uma identificação, pois os gregos adoravam a vários deuses. Na. . . Ver mais

Caos

Caos

Caos, o deus Grego primordial
Na mitologia grega segundo Hesíodo, o primeiro deus primordial a surgir no universo, portanto a mais velha das formas de consciência divina. A natureza divina de Caos, assim como a maioria na Mitologia Grega é de difícil entendimento, devido às mudanças  com o passar dos séculos. O nome Caos deriva do verbo grego khaínô, que. . . Ver mais

Hesíodo e Homero

Hesíodo e Homero

Hesíodo e Homero
Entre Homero e Hesíodo existe uma diferença: Homero justifica a existência do Universo conforme a vontade, ainda que arbitrária, dos deuses, já Hesíodo tenta explicar a origem do mundo a partir do nada, ou dito de modo filosófico, a partir do Caos. Mas Hesíodo também não foge daTeogonia (explicação mítica do nascimento dos deuses e. . . Ver mais