Antes de tudo um forte.

Antes de tudo um forte.

Irrita-me profundamente quando fico sabendo que uma pessoa que não tem depressão dizer que pessoas depressivas são fracas, ou aconselham pessoas em crises depressivas dizendo:  você tem que ser forte.
Da onde as pessoas tiram a ideia estúpida que quem tem depressão é fraco?
Não se engane. Todas as pessoas com transtorno depressivo é antes de tudo um forte. Caso contrário não estaria mais entre nós.

Todo ser humano lida com os altos e baixos, isso é da nossa natureza, mas o transtorno depressivo é diferente, e muito mais intenso.

O ser humano que lida com os altos e baixos do transtorno depressivo precisa ter muita força para resistir e continuar. São fortes, convivem com sentimentos, sofrimentos e dores que a maioria das pessoas nem sequer podem imaginar.

  • Além disso eles ainda tem que ser fortes para admitir que tem a doença,
  • Tem que ser fortes para encarar os julgamentos de quem diz que isso é falta de vontade, falta de esforço…
  • Tem que ser fortes para conviver com o mundo de imagens assustadoras que a mente deprimida e perturbada produz,
  • Tem que ser fortes para sentir a falta de energia,  tristeza, angústia , a falta de esperança que os acomete de quando em quando,
  • Tem que ser fortes para enfrentar um cérebro que de uma hora para outra resolve fazer sofrerem terrivelmente,
  • Tem que ser fortes para resistir a cada uma das tempestades emocionais que desaba sobre suas cabeças,
  • Tem que ser fortes para carregar o peso que a vida nos designou com essa doença.

Erra muito quem trata um depressivo como um ser fraco, sem recursos, sem vontade… Erra muito.
Um depressivo não é alguém que tem menos força, mas alguém que tem muito mais peso para carregar. Se você que não é depressivo e tem que carregar uma bola de ferro de 10kg, amarrada ao seus pés todos os dias na sua vida, com depressão você teria que carregar um bola de 100kg. É isso. A depressão é uma carga pesada, uma enorme bola de ferro amarrada aos seus pés onde quer que você vá, e você é obrigado a carregá-la com um sorriso no rosto.

A diferença entre pessoas que tem o transtorno e os que não tem não está na força que cada um tem para enfrentar a vida, mas no tamanho da carga que cada um tem que arrastar.

Portanto, mesmo que ninguém veja, mesmo que ninguém admita, mesmo que ninguém saiba, se você tem depressão, você é, antes de qualquer coisa, um forte.

Categoria: Mentes Inquietas



Publicado por: Wellington Pragidi

Apelido: Well


Comentar: