A Definição de Insanidade

A Definição de Insanidade

Dizem que a definição de insanidade é “fazer a mesma coisa de novo e de novo e esperar resultados diferentes”. Eu entendo o sentimento por trás disso, mas está errado.

Eu entrei no prédio por causa de uma aposta. Eu estava desesperado por dinheiro e nunca cai nessas velhas lendas do hotel pra começar. Então 50 pratas eram mais do que suficiente pra eu aceitar. Era simples. Bastava chegar no último andar, o quadragésimo quinto, ligar minha lanterna de uma das janelas lá de cima para provar que eu subi e pronto.

O hotel era velho e destruído, inclusive o elevador, o que significa que tive que subir pelas escadas. Então, lá fui eu, degrau após degrau. Enquanto subia, notei as antigas placas de bronze numerando cada andar. 15, 16, 17, 18. Eu me senti um pouco um pouco cansado conforme subia mais, mas até então, nada de fantasmas, nada de canibais, nada de demônios. Moleza.

Eu não sou capaz de dizer o quão feliz eu fiquei quando cheguei no último lance de números. Com alegria, eu comecei a conta-los em voz alta. 40, 41, 42, 43, 44, 44. Eu parei e olhei para as escadas atrás de mim. Devo ter contado errado, então eu continuei a subir. 44. Mais um lance de escadas. 44. Eu desci 10 lances de escadas. 44. Eu desci quinze lances de escadas. 44.

E tem sido assim desde onde sou capaz de me lembrar. Então, na verdade, a definição de insanidade não é fazer algo repetitivamente e esperar resultados diferentes. É saber que os resultados nunca vão mudar; que cada porta, vai me levar para as mesmas escadas, para o mesmo número. É perceber que você já não dorme mais. É não saber se você está correndo a dias, semanas ou anos. Enquanto o choro começa a se transformar em uma risada descontrolada.

Categoria: Creepypasta, Terror



Publicado por: Karol Silva

Apelido: Karol Silva


Comentar: